As tecnologias nas práticas criativas


2012-05-31


As Tertúlias do Palácio das Artes são um espaço de informação e de debate, alargando o seu âmbito de actuação à opinião e às ideias que serão apresentadas por parte dos convidados e de todos os presentes, com as suas interrogações e as suas dúvidas, contribuindo para o enriquecimento da troca de ideias e experiências criativas. A ideia da Fundação da Juventude em organizar estes encontros, é propiciar uma conversa e um intercâmbio de experiências, em ambiente descontraído e distante dos compromissos quotidianos. Este evento tem um caracter mensal, sendo que no mês de Agosto, esta actividade faz um pequeno interlúdio.



AS TECNOLOGIAS NAS PRÁTICAS CRIATIVAS


Mote | Conscientes do impacto das novas tecnologias no mundo contemporâneo, da importância do cruzamento de diferentes áreas e do desmantelamento de determinadas fronteiriças estanques até então delineadas no processo de criação, propõe-se uma conversa que visa despertar para a importância da transversalidade dos processos criativos e práticas artísticas; conhecer e compreender os diferentes pólos de criatividade tecnológica, a sua evolução e formas de expressão; bem como reflectir sobre a sua presença no contexto actual e analisar o paradigma a este inerente.

Palavras-chave como sociedade de informação; comunicação; cruzamento; fusão e inovação surgem, aqui, como reflexo da procura transversal deste novo contexto criativo e artístico. Aqui, com a junção dos meios tecnológicos aos processos criativos fazem-se transparecer as novas perspectivas inerentes ao mundo contemporâneo, no fundo, o “Todo” global com todas as suas especificidades, problemáticas e mais-valias.

As novas tecnologias surgem, de certo modo, como um pólo de reconfiguração das práticas criativas, hoje em dia cada vez mais interactivas, apresentam-se como um novo meio de comunicação e relação entre as diferentes áreas. Novos ambientes são aqui criados e, através de diferentes participações proporcionam ao público um novo contacto com o objecto artístico, aqui, este não é um mero espectador passando a fazer parte do contexto e interagindo com o mesmo. No fundo, esta fusão, apresenta-se como um novo processo criativo, um novo olhar, bem como uma nova forma de comunicar e apresentar as práticas criativas.


Neste âmbito e, indo ao encontro do cruzamento de conhecimentos e competências, referenciam-se indústrias criativas, clusters e centros de criatividade tecnológica, um âmbito empresarial cujas premissas tecnológicas influem de forma determinante todas as etapas do processo de criação, no fundo, espaços de cruzamento de fluxos de produtos culturais e criativos que geram inovação e diferenciação dos bens e serviços desenvolvidos. Podendo, neste sentido, constatar-se uma maior incorporação e confluência das tecnologias digitais nas práticas criativas, alcançando, por sua vez, um maior impacto nas suas intervenções, bem como na sua relação com o meio envolvente e com o público. Numa perspectiva de colaboração e no “mundo” globalizado de hoje, existirá espaço e benefícios na criação de um cluster tecnológico/audiovisual europeu?

 

Neste contexto contemporâneo onde a conceptualização assume a forma principal e a informação é matéria-prima, qual o paradigma resultante do uso das tecnologias digitais nos processos e métodos de criação? Qual o seu impacto no ciclo criativo e as diferentes convergências que dele fluem? Como são assumidos os diversos projectos culturais e criativos que incorporam as tecnologias, bem como o impacto resultante do seu uso nas intervenções artísticas e culturais dos espaços? Como é entendida a crescente influência das tecnologias nos processos de concepção, distribuição e comercialização? Será este novo cruzamento entendido como um afastar do objecto material e a passagem para uma realidade cada vez mais virtual?

Local | Palácio das Artes – Fábrica de Talentos, Largo de S. Domingos, Porto

Data | 31 de Maio (Quinta-feira)

Horário |
 21h30 às 23h30

Áreas de intervenção | 
Audiovisual; Arte; Tecnologia; Intermedia; Design; Territórios; Cluster

Convidados |

  • Carlos Rebelo, Director Técnico do 3Decide;
  • Fátima São Simão, Responsável pelo Pólo das Indústrias Criativas do Parque de Ciência e Tecnologia da UP;
  • Fernando Machado, Director-geral do Inova.Gaia, Centro de Incubação de Base Tecnológica;
  • Ivo Teixeira, Artista plástico;
  • Luís Cordeiro, Fundador da Bydas;
  • Luís Fernandes, Membro de direcção da OPO’Lab;
  • Luís Sousa, Membro de direcção da OPO’Lab;
  • Marco Costa, Director Criativo da Boca do Lobo;
  • Diogo Carvalho, Director Criativo da Delightfull;
  • Pedro Branco, Director do Mestrado em Tecnologias e Arte Digital na UM;
  • Rosa Maria Oliveira, Docente auxiliar no Departamento de Comunicação e Arte na UA;
  • Rui Penha, Compositor, Maestro e intérprete de música electro-acústica.


Conceito | Esta Tertúlia é um espaço de informação e de debate, alargando o seu âmbito de actuação à opinião e às ideias que serão apresentadas por parte dos convidados e de todos os presentes, com as suas interrogações e as suas dúvidas, contribuindo para o enriquecimento da troca de ideias e experiências criativas. A ideia da Tertúlia, subordinada ao tema de “As tecnologias nas práticas criativas” é propiciar uma conversa e um intercâmbio de experiências, em ambiente descontraído e distante dos compromissos quotidianos.

Objectivos |
 Os objectivos da Tertúlia “As tecnologias nas práticas criativas” são estimular a discussão sobre o tema, criar redes de contactos para os Jovens com instituições e profissionais convidados da referida área temática, criar espaços de encontro inter-geracionais de partilha de contactos e experiências e dar voz aos vários movimentos, instituições e profissionais, tendentes a aumentar a reflexão e a participação cívicas. Pretende-se ainda promover a criação de redes de empreendimento e de inovação transnacionais para responder ao desafio do “desenvolvimento solidário da economia do conhecimento”.

Parceiros | Imagina Atlantica; Mãos ao Largo; São João no Porto - 100 anos


Apoio |  
Unicer



ABRIR LIGAÇÃO EXTERNA

DESCARREGAR FICHEIRO

BARCELONA APARTMENTS BARCELONA APARTMENTS EMPRESA SEO MBA ANGOLA